Grande perda em 1967

Os empregados da Caixa perderam, em 1967, em plena ditadura militar, a jornada reduzida, que existia devido às características da atividade profissional dos bancários. Por muitos anos, a categoria tentou, via Congresso Nacional, reconquistar esse direito. O clima político, desfavorável às manifestações, não permitiu.